Milton Monti não se reelege. Botucatu emplaca um estadual e Bauru um Federal

O Deputado Federal são-manuelense Milton Monti (PR) não conseguiu se reeleger e ter seu sua sexta legislatura em Brasilia. Este ano, Miltinho teve pouco mais de 55 mil votos, contra quase 116 mil votos que o elegeram em 2014 e 131 mil votos em 2010.  Com este resultado, ele ficou como primeiro suplente. Por outro lado, a região emplacou três parlamentares:

1 Milton Monti, 2 Fernando Cury, 3 Daniel José, 4 Rodrigo Agostinho

A vizinha Botucatu emplacou dois Deputados Estaduais, foi reeleito Fernando Cury com quase 100 mil votos pelo PPS. A novidade foi o jovem Daniel José, eleito pelo novo para a Assembléia Legislativa com 180 mil votos.  Embora este more em Bragança Paulista, tem família em Botucatu e pretende dedica-se também a região. Já a cidade de Bauru, após 20 anos, elegeu o ex-prefeito Rodrigo Agostinho como Deputado Federal pelo PSB.

Milton Monti iniciou sua carreira política como prefeito de São Manuel em 1982, quando foi eleito aos 21 anos, prefeito de São Manuel. Exerceu o cargo de 1983 a 1988. Depois disso assumiu a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo

Entre os anos de 1989 e 90 exerceu a função de diretor administrativo-financeiro da Fundação para o Desenvolvimento da Educação da Secretaria de Estado da Educação.

Em 1991 foi eleito deputado estadual, entre julho de 1992 a dezembro de 1993 foi Secretário de Estado de Relações do Trabalho, reeleito ao Legislativo do Estado em 1995, onde foi primeiro secretário da Assembléia entre os anos de 1997/1998.

Em 1999 iniciou a sua primeira legislatura como deputado federal, sendo reeleito em 2002, 2006, 2010 e 2014. Vale lembrar que desde as eleições de 2010, Miltinho já ensaiava tentar vôos maiores e dizia que seria a última oportunidade em que todos votariam nele para Deputado Federal, o que realmente não aconteceu.

Alguns dizem que este sonharia em terminar sua carreira política como prefeito de São Manuel. Será que isso pode ocorrer nas eleições de 2020? Por outro lado, sabe-se que vereadores como o presidente da Câmara, Odirlei José Felix, pleiteavam o apoio do mesmo. O que pode vir a acontecer? Só o tempo nos dará todas as respostas…

 

Gostou? Compartilhe e ajude mais pessoas a ter informação!
0

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *